Fácil de ser adequada a qualquer rotina, a corrida é um dos melhores exercícios para perder peso

Uma vida saudável depende de alguns fatores, dentre os quais estão uma alimentação balanceada e rotina de sono regrada, sem esquecer também dos exercícios físicos.

Todos eles precisam ser combinados e não basta ter o hábito de se exercitar se a sua alimentação não é das melhores. Para que resultados reais sejam refletidos no seu peso e na sua qualidade de vida, trabalhar em conjunto é a melhor alternativa.

Os exercícios de corrida, é sem dúvidas, um dos exercícios mais versáteis e adaptáveis, já que pode ser realizado em quase todos os ambientes e não necessita de muitos equipamentos ou um horário específico.

Depois de ler este artigo aproveite para ver também:

exercícios de corrida

Exercícios de corrida: como começar?

Ser um iniciante no universo da prática de exercícios não precisa ser uma experiência difícil e cansativa. É claro que o período de adaptação vai exigir um pouco mais de disciplina e força de vontade, mas começar a fazer da corrida um hábito será mais fácil do que você imagina.

O primeiro passo é fazer uma avaliação médica. Desta maneira, você consegue avaliar, junto com um profissional da saúde, os seus limites físicos e como deve fazer a inserção da corrida no seu dia a dia para não forçá-los.

Fazer treinos intercalados, três vezes por semana, é uma boa maneira de começar. Uma hora por dia é o suficiente para adaptar o seu organismo de forma gradual ao novo ritmo.

Escolha também um bom tênis de corrida. Ele será o seu maior parceiro na manutenção do ritmo de exercícios e na diminuição das dores e cansaços nos primeiros dias.

Exercícios de corrida: treinos diferentes

Diferentemente do que se possa pensar, não existe uma única maneira de correr. Especialmente para quem está começando e ainda está em período de adaptação, variar os ritmos e estilos de corrida pode ser uma maneira de testar seus limites e manter o interesse no exercício.

 

Corrida intervalada

Neste tipo de corrida, é preciso acelerar um pouco o ritmo, mas o tempo de treino é menor do que a habitual uma hora. Para começar, não esqueça do alongamento para proteger os músculos e evitar câimbras durante o treino e dores no pós treino.

Depois de se alongar, trote durante dez minutos. Passado esse tempo, o ritmo precisa aumentar: corra na maior velocidade que conseguir por um período de quatro a dez minutos. Volte a trotar por dois minutos para recuperar-se e repita a série.

O tempo de corrida intensa não deve passar dos quarenta minutos, especialmente para quem ainda está se familiarizando com as corridas de ritmo.

 

Corrida com “tiros”

Este é o estilo de exercício mais simples se o intuito é trabalhar a velocidade, já que ele possibilita o aumento no ritmo ou acelerações curtas durante a corrida. Para realizá-lo, basta acelerar quando estiver chegando ao final da sua corrida convencional, em local plano e sem obstáculos.

Essa aceleração deve chegar quase à sua velocidade máxima e durar por, no máximo, 50 metros. Após atingir essa meta, mantenha a velocidade por mais 50 metros e freie aos poucos. Ao final de cada reta, trote por um minuto para recuperar-se.

 

Corrida com elevações

Indicado para pessoas que já estejam minimamente familiarizadas com os exercícios de corrida, a modalidade com elevações deve ser iniciada com uma subida de inclinação média. Com o passar das semanas, é possível aumentar o ritmo e a inclinação.

Antes de ir para a subida, é preciso correr por dez minutos em ritmo confortável e em linha reta. Após, comece a subir de maneira progressiva e sem esforçar-se a ponto de cansar seu corpo e precisar parar. Recomenda-se fazer a corrida com elevação apenas uma vez na semana, para desenvolver melhor a sua velocidade e a potência dos exercícios.

Ao continuar navegando neste website você está aceitando a nossa Política de Privacidade, que explica como seus dados podem ser usados para melhorar sua experiência e como serão protegidos. Mais informações .
Fechar
Privacy settings ×