Conheça os alimentos permitidos e os restritos à essa dieta e monte seu cardápio

Segundo dados do Instituto de Métrica e Avaliação para a Saúde, divulgados em 2014, 2,1 bilhões de pessoas são consideradas acima do peso ou obesas em todo o mundo.

E uma das principais causas para esse número estratosférico é a qualidade da comida consumida no dia a dia. Fast foods, lanches rápidos cheios de sódio e muita gordura são características da alimentação básica de grande parte das pessoas.

Para combater essa crise de obesidade e sobrepeso, a reeducação alimentar é uma das principais armas. Atualmente, um dos métodos de emagrecimento mais populares através da comida é, sem dúvidas, a Dieta da Proteína.

Ao diminuir a ingestão de carboidratos e fazer da proteína o nutriente mais presente na alimentação diária, a estratégia da dieta da proteína permite um emagrecimento rápido, sem que a saúde seja comprometida.

Depois de ler este artigo aproveite para ver também:

dieta da proteína

O que é a Dieta da Proteína?

De maneira geral, existem diversas dietas baseadas no conceito da Dieta da Proteína, como a Dukan e a Atkins. A diferença é que, no caso dessas duas, existe uma rigidez maior na duração do método e no cardápio.

Nesta dieta da Proteína, para que o indivíduo consiga reduzir algumas medidas do manequim, basta saber o que pode ou não comer e como montar o cardápio ideal.

Recomenda-se a consulta a um nutricionista para determinar com exatidão a quantidade de calorias que você precisa ingerir em um dia e a montagem de um cardápio personalizado que esteja dentro das suas possibilidades de tempo e dinheiro.

Como o próprio nome já dá a entender, na dieta da Proteína, os alimentos ingeridos devem ser fontes de proteína saudável e conter pouca gordura. Os carboidratos estão proibidos neste método de emagrecimento.

O período de duração da dieta irá depender de quantos quilos você deseja eliminar. A depender do organismo, é possível perder até 7kg durante as duas semanas máximas de duração do cardápio da dieta da Proteína.

Caso queira realizá-la novamente, é necessário fazer um intervalo de três dias alimentando-se normalmente e não se deve fazê-la por mais de duas vezes seguidas.

O que comer e não comer na dieta da Proteína?

dieta da proteina alimentos

O cardápio da dieta da Proteína pode ser considerado um dos mais restritos, por não permitir a ingestão de nenhum tipo de carboidrato.

Porém, seus resultados estão entre os mais satisfatórios, por acelerarem o uso da reserva de gorduras do organismo.

 

Dentre os alimentos permitidos na lista da dieta da Proteína, encontram-se:

  • Azeite
  • Carnes magras, peixes brancos, ovos e presunto sem capa.
  • Leite desnatado ou de soja, queijos brancos e sem sal, iogurtes desnatados e sem açúcar.
  • Folhas verdes como acelga, alface, agrião, rúcula e chicória.
  • Legumes e frutos como rabanetes, pepino, cenoura e tomate.
  • Castanhas diversas, nozes e amêndoas.
  • Dentre as frutas: abacate e limão
  • Sementes: gergelim, abóbora, linhaça e girassol.

Como o foco da dieta é a ingestão de proteínas, todo o tipo de carboidrato está abolido do cardápio. Alimentos processados e industrializados também precisarão ficar de fora.

Não se pode comer enquanto estiver na dieta da Proteína: pães e massas, farinhas, batatas, mandioca e arroz. Grãos como feijão, soja e milho também devem ficar de fora da lista do supermercado.

Alimentos ricos em açúcar, como bolos, doces, refrigerantes e sucos prontos, bem como água de coco e frutas não permitidas não poderão ser ingeridos enquanto durar a dieta.

Recomendações para a dieta da Proteína

Por ser um cardápio restritivo, é comum sentir fraqueza nos primeiros dias da dieta. Por isso, dê preferência para começá-la em um final de semana menos agitado, no qual você poderá ficar em casa e se habituar aos novos alimentos com mais facilidade.

O ideal é, após perder o sobrepeso desejado com a dieta da Proteína, investir em uma reeducação alimentar com acompanhamento nutricional para manter-se no novo peso e com a saúde renovada.

Ao continuar navegando neste website você está aceitando a nossa Política de Privacidade, que explica como seus dados podem ser usados para melhorar sua experiência e como serão protegidos. Mais informações .
Fechar
Privacy settings ×